Category: Personalidades


Desta vez nosso café da manhã foi no CHAMPANHE FRANCH BAKER CAFÉ, com um ovos mexidos e bacon DELICIOSO!!!!

Todos de barriga cheia fizemos um rápido tour pela cidade e fomos ao GET MUSIUM, com seus belos jardins, para ver uma exposição de objetos da Idade Média.

GET MUSIUM no alto de Los Angeles.

Às 13hs, workshop com MARK RAPPAPORT, responsável por efeitos especiais / animatronics de filmes como 300, EU SOU A LENDA, OS CONTOS DE NÁRNIA entre tantos outros.

Workshop com Mark Rappaport. O "PAPA" dos efeitos visuais.

Mark nos mostrou seu acervo. Uma sal repleta de objetos, animatronics e próteses que vimos em diversos filmes. Nos sentimos crianças em um quarto repleto de brinquedos.

Começamos o workshop com o maquiador GLEN GRIFFIN, que nos mostrou a aplicação de próteses.

Workshop de maquiagem / próteses com GLEN GRIFFIN.

Pudemos perceber o cuidado com o que eles fazem o trabalho. Glen Griffin foi acompanhado por outras duas maquiadoras.

Aprendemos que cada profissional é responsável por uma etapa do trabalho. *Quem faz a prótese, *Quem aplica a protese, *o que aplica a maquiagem e assim por diante.

Glen termina o workshop dizendo:  “Um profissional depende do outro!”

Em seguida, MARK nos levou para o seu escritório e nos mostrou uma série de making-off’s de filmes onde seu trabalho foi importante. Filmes que nem imaginávamos precisar deste tipo de efeito.

Nossa visão mudou completamente e passamos a entender porque a ficha técnica vem com tanta gente em cada departamento.

Na saída, já no carro, tive uma síncope, um ataque de choro, por vários motivos, primeiro pela emoção de poder participar de um momento tão especial como este, segundo por estar tão próximo de um profissional tão especial, ganhador de diversos Oscars, terceiro e para mim o maior motivo, em tantos anos de trabalho eu nunca havia participado ou conhecido um homem com tamanho conhecimento e principalmente GENEROSIDADE como a dele.

MAK …… nos mostrou que além de informação e talento é preciso HUMILDADE e GENEROSIDADE para se ter SUCESSO na carreira e claro na VIDA.

POSSO DIZER QUE A EXPERIÊNCIA DE HOJE FOI TRANSCENDENTAL!!!

Pedro Alvarez Cabral, descobridor???

Partida e chegada numa nova terra

A frota, sob o comando de Cabral, então com 32–33 anos de idade, partiu de Lisboa em 9 de março de 1500 ao meio-dia. No diaanterior, a tripulação tinha recebido uma despedida pública que incluíra uma missa e comemorações com a presença do rei, da corte e de uma enorme multidão. Na manhã de 14 de março, a frota passou por Grã Canária, a maior das Ilhas Canárias. Em seguida, partiu rumo a Cabo Verde, uma colônia portuguesa situada na costa oeste da África, que foi alcançada em 22 de março. No dia seguinte, uma nau com 150 homens, comandada por Vasco de Ataíde, desapareceu sem deixar vestígios. A frota cruzou a Linha do Equador em 9 de abril e navegou rumo a oeste afastando-se o mais possível do continente africano, utilizando uma técnica de navegação conhecida como a volta do mar. Os marujos avistaram algas-marinhas no dia 21 de abril, o que os levou a acreditar que estavam próximos da costa. Provou-se estarem certos na tarde do dia seguinte, quarta-feira, 22 de abril de 1500, quando a frota ancorou perto do que Cabral batizou de Monte Pascoal (uma vez que aquela era a semana da Páscoa). O monte localiza-se no que hoje é a costa nordestina do Brasil.

Os portugueses detectaram a presença de habitantes na costa, e os capitães de todos os navios reuniram-se a bordo do navio de Cabral no dia 23 de abril. Cabral mandou Nicolau Coelho, capitão que havia viajado com Vasco da Gama à Índia, para desembarcar e estabelecer contato. Ele pisou na terra e trocou presentes com os indígenas. Após Coelho voltar, Cabral ordenou que a frota rumasse ao norte, onde, após 65 km de viagem, ancorou em 24 de abril no local que o capitão-mor chamou de Porto Seguro. O lugar era um porto natural, e Afonso Lopes (piloto do navio principal) trouxe dois índios a bordo para conversarem com Cabral.

Assim como no primeiro contato, o encontro foi amistoso e Cabral ofereceu presentes aos nativos. Os habitantes eram caçadores-coletores da idade da pedra, a quem os europeus atribuiriam o rótulo genérico de “índios”. Os homens coletavam alimento por meio da caça e da pesca, enquanto as mulheres se dedicavam à agricultura em pequena escala. Eles se dividiam em inúmeras tribos rivais. A tribo que Cabral encontrou foi a tupiniquim. Alguns deles eram nômades e outros sedentários — tendo conhecimento do fogo, mas não dos metais. Algumas poucas tribos praticavam o canibalismo. Em 26 de abril (domingo de Páscoa), conforme cada vez mais nativos curiosos apareciam, Cabral ordenou aos seus homens a construção de um altar em terra, onde uma missa católica foi celebrada por Henrique de Coimbra — a primeira a sê-lo no solo do que mais tarde viria a ser o Brasil.

Os dias seguintes foram gastos armazenando água, alimentos, madeira e outros suprimentos. Os portugueses também construíram uma enorme cruz de madeira — talvez com sete metros de altura. Cabral constatou que a nova terra estava a leste da linha de demarcação entre Portugal e Espanha que tinha sido estabelecida no Tratado de Tordesilhas. O território estava, portanto, dentro do hemisfério atribuído a Portugal. Para solenizar a reivindicação de Portugal sobre aquelas terras, ergueu-se a cruz de madeira e uma segunda missa foi celebrada em 1 de maio. Em honra à cruz, Cabral nomeou a terra recém-descoberta de Ilha de Vera Cruz. No dia seguinte, um navio de suprimentos sob o comando de Gaspar de Lemos ou André Gonçalves (há um conflito entre as fontes sobre quem foi enviado), retornou para Portugal para informar o rei da descoberta, por meio da carta escrita por Pero Vaz de Caminha.

Fonte: Wikipédia

http://pt.wikipedia.org/wiki/Pedro_%C3%81lvares_Cabral#Biografia

Prêmio CONEXÃO BEAUTY ART – 2010

Prêmio CONEXÃO BEAUTY ART – 2010

como melhor maquiador na categoria ARTES CÊNICAS.

A vida é realmente muito louca.

Ontem, dia 11 de abril, vivi um dos momentos mais especiais para um profissional, o reconhecimento pelo seu trabalho.

No momento em que recebia o prêmio, ví um filme passar pela minha cabeça.

Infelizmente na hora, não é possível falar nem agradecer a todos que fizeram parte desta minha longa jornada, mas aqui posso fazê-lo!!! rs rs rs

TADEU AUGUSTO LOPPARA,

meu amigo / irmão. Se não fosse ele insistir para que eu substituísse um maquiador,

eu não estaria exercendo este trabalho;

CARMEN MONARCHA

que incorporou tão bem minha GUEIXA PUNK para a etapa final do Prêmio;

VÂNIA BASTOS, CARLOS NAVAS, MARÍLIA GABRIELA, LENA ROQUE, NANY PEOPLE’,

que permitiram maquiá-los e criar visuais elegantes, clássicos e algumas vezes ousados;

JORGE TAKLA

que me deu a primeira oportunidade de trabalhar numa grande produção, “VITOR OU VITÓRIA”,

meu divisor de águas;

JORGE LUIZ BALBYNS

que me convidou a assinar como visagista, pela primeira vez, em “ÁRVORES NUAS;

MIGUEL FALABELLA

que por 3 vezes confiou no meu trabalho em GODSPELL, HAIR SPRAY e GAIOLA DAS LOUCAS

que consequentemente me levaram a ser indicado a prêmio nas três ocasiões;

MIRA HAAR que me indicou para ELIANE LAX

que abriu as portas do THEATRO MUNICIPAL DE SÃO PAULO, onde tive muitas alegrias;

onde também conheci o jovem ANDRÉ HELLER,

que me fez não ter medo da ousadia na ópera ANJO NEGRO;

ROSANA CARAMASCHI

que me levou para o outro lado do país para enfrentar o meu maior desafio até hoje com a

ópera BUG JARGAL que se tornou a primeira e única ópera a ser indicada a um prêmio de maquiagem;

SELMA MORENTE, CÉLIA FORTE, AMÁLIA TARALLO, MARA CARVALHO e BETH COELHO

que me embaralharam com as malucas de “ELAS SÃO DO BARALHO” e mais uma indicação a prêmio;

DYRA OLIVEIRA,

Que confiou em meu trabalho e permitiu que eu pudesse embelezar ainda mais as óperas do THEATRO SÃO PEDRO e que com muita persistência pudesse maquiá-la, Dyra, pelo menos uma vez! Já que ela jamais usa maquiagem. Rs ;

CLAUDINEI HIDALGO

Amigo e parceiro em diversos trabalhos a ponto de me salvar em momentos difíceis;

Aos fotógrafos MARCO MÁXIMO, TÂNIA LUMENA, FÁBIO NUNES, CAIO MELLO

Que ressaltaram por diversas vezes as cores que usei para seus trabalhos;

Aos amigos

ROGÉRIO TCHUSK, MILENA PETRONIERI, ANDRÉA DA ROCHA, ROSE BERCÊ, GLAUCIA COSTA

que me deixaram criar em seus rostos,

A toda a equipe da PAYOT , em especial a Dna Paulina, onde pude dar início ao meu trabalho de “divulgador”

da importância da beleza.

Implantando um trabalho incrível de auto-maquiagem no Hospital Pérola Byington com mulheres em tratamento de quimioterapia;

A toda equipe da AVON

pela oportunidade de poder levar beleza para todos, pela força, pelo trabalho e principalmente incentivo.

WILMA SIMIONATO,SÔNIA KAVANTAN, ELISETE KOLLER

(por me lapidar com pequenos toques mas que fizeram toda a diferença no meu trabalho e vida),

DAGMAR BRUM, ADRIANA RILLO, ALESSANDRA BARROÇA, EMÍLIA BRITO, PATRÍCIA LEITE, JULIANA BARROS, TATIANA BRANDÃO, WAGNER TEDESCO, CÁTIA BANDEIRA, MARCELO JERÔNIMO, ROBERTA GODOY, GS’s, Executivos, Maquiadores, parceiros e tantos outros profissionais “Avonianos” que me ajudaram a construir um trabalho do qual me orgulho muito!

Ao CONEXÃO BEAUTY ART e toda a equipe envolvida (Avon e Setter) por este prêmio que além de proporcionar o encontro entre amigos e colegas, proporciona e incentiva o aprendizado e respeito por este trabalho que muitas vezes é visto como “fútil”, mas que na verdade faz toda a diferença no palco, na foto, no vídeo e na VIDA!

Não poderia deixar de agradecer a minha EQUIPE de maquiadores e cabeleireiros que sempre me ajudaram a colocar em prática tudo aquilo que estava na minha cabeça e claro, agradecimentos mais que especiais aos ATORES E CANTORES que vestiram tão bem minhas criações que vieram para ilustrar suas personagens.

DRICA MORAES, foi sem dúvida meu anjo, onde em um determinado momento ela disse: “O MAQUIADOR É UM ENVIADO DIRETO DE DEUS, POIS ELE VEM PARA APRIMORAR A SUA MAIOR CRIAÇÃO!”

EU, ANDERSON BUENO, TENHO MUITO ORGULHO DO MEU OFÍCIO!!!!!!

Obrigado à todos por fazerem parte disto.

Beijos carregados de alegria.

Anderson Bueno

Recebendo o prêmio das mãos do Presidente da Avon Brasil, Luís Felipe (primeiro a direita), ao lado do Diretor de Marketing e Diretora de Comunicação Kátia Geanone.e


Privilégio de trabalhar com GENTE DO BEM!

Esta semana fui convidado pela minha amiga, a atriz CACAU MELO, para produzi-la para o seu primeiro ensaio fotográfico depois de ter parcipado do programa A FAZENDA, na Rede Record.

Claro que como pessoa maravilhosa que é, convidou só gente DO BEM para participar deste momento.   

 O cabelo foi mudado pelo meu querido amigo e talentosíssimo cabeleireiro CHARLES VEYGA, o make-up por estes que vos escreve, ANDERSON BUENO, e fotos de MARCO MÁXIMO.   Claro que a sessão só poderia ter ficado, O MÁXIMO!!!!    

Charles Veyga, Marco Máximo, Anderson Bueno e Cacau Melo.

Para este look, utilizei BASE RENEW (bege), para dar um toque perolado à pele, finalizei com a BASE MAGIX COMPACTA (bege clara) e pó compacto também da linha RENEW (cor clara)

Nos olhos, quarteto GLAMOUR com lápis para olhos de cor preta e máscara SUPER CURL.

Lábios com o novíssimobatom ULTRA COLOR RICH MEGA IMPACT cor vermelho impact, aplicado de forma bem suave.

Nas maçãs, utilizei o pó SUMMER BRONZE como blush.

                                                                                                         

PATRICIA CARVALHO-OLIVEIRA é destaque em Portugal

Minha amiga Patricia Carvalho-Oliviera, atriz e diretora, fez uma passagem por Lisboa para promover o lançamento de seu livro “3 – Um Romance Para Ler De Uma Só Vez” e foi destaque, com direito a capa na edição de junho, da revista “Brasileirinho” dirigida ao público brasileiro.

Destaque maior para os Dreadlocks idealizados por mim e por Patricia e confeccionados por Wellington fontinelle.

Powered By Via Pixel | Theme Blog WordPress.